Páginas

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Termos e gírias do futebol americano

O Paixão Clubística já te ajudou como acompanhar um jogo de futebol americano além de compreender o que é falta para os árbitros deles. Mas se for assistir a uma partida pela ESPN vai ficar sem entender alguns termos usados por Paulo Antunes, o comentarista oficial da emissora. E o PC está aqui, mais uma vez, para deixar o jogo menos complicado. Separamos as palavras mais usadas para você não ficar igual aquelas pessoas que não entendem nada de futebol e sempre perguntam o que é impedimento ou porque os times trocaram de lado.

Blitz: Jogada da defesa em que o objetivo é pressionar o QB para ele lançar a bola sem precisão ou sofrer um sack. Para ela ocorrer marcadores que normalmente ficam esperando o lançamento também vão pressioná-lo, então se não for bem feita, haverá recebedores livres e a chance de conseguirem uma boa jogada é grande.

Fumble: Perda acidental da bola seja por descuido ou por algum tackle. Sempre que ocorrer o fumble a posse de bola é do time que a recuperá-la.

Fair catch: No momento que algum time chuta o punt algum corredor da outra equipe está pronto para receber a bola e correr. Mas se os marcadores chegaram nele antes que pegue a bola, o próprio corredor acena com o braço. A partir deste momento ele não pode avançar com a bola assim que agarrá-la, mas os marcadores também não podem derrubá-lo.

Hail Mary: Jogada do ataque bem parecida quando até o goleiro vai tentar cabecear na área adversária. Ou seja, faltando poucos segundos para o término da partida todos os recebedores correm para a endzone e o QB lança com o intuito de empatar ou virar o placar, mas isso é bem raro.

Huddle: É a famosa reunião que os atletas fazem antes de se posicionarem para fazer alguma jogada.

No huddle: Quando não ocorre a reunião. Também ocorre mais no fim dos jogos e quando a equipe no ataque esta perdendo. A intenção é começar a jogada o mais rápido possível e pegar a defesa desarrumada.

MVP: Sigla de Most Valuable Player é a premiação ao melhor jogador de uma partida, rodada ou até de todo o campeonato.

On-side kick: Outra tática do time que está atrás no placar e falta pouco tempo para o término do jogo. Ao invés do kicker chutar o kickoff o mais longe da sua endzone, ele tenta fazer com que a bola apenas passe as 10 jardas obrigatórias e um de seus companheiros recupere-a para o time continuar no ataque. Mas também é raro o time que chutou ter sucesso.

Play-action: Quando o QB finge entregar a bola para o corredor, mas se posiciona para o passe. Tática para tentar iludir a defesa.

Pocket: Área imaginária em que o QB está protegido por sua linha ofensiva.

Scramble: Jogada do QB para fugir de um sack. Ele corre para fora do campo ou se joga no chão de propósito.

Turnover: Qualquer jeito em que o ataque perde a bola pra defesa. Normalmente uma interceptação ou um fumble.

Wild Card: Famosa repescagem. Das 32 equipes da NFL 12 se classificam para os playoffs. Desses 12, os dois melhores de cada conferência folgam e esperam os vencedores dos quatros jogos de Wild Card.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...